Meu corpo é protesto!

Please follow and like us:

Sempre se acende novamente as polêmicas envolvendo corpos, e tenho visto inflamadas discussões em relação ao corpo gordo.

Não é novidade para ninguém que as mulheres gordas não eram evidenciadas em campanhas de moda vintage, em minha busca por imagens encontrei uma única com o desenho de uma mulher gorda para o que me parece ser propaganda de corsets franceses.

Século 20

O início do Século 20 é marcado por acontecimentos históricos a serem considerados, em se tratando da forma de expressão das mulheres através das suas vestimentas íntimas. Mas precisamente é o início de uma revolução no mundo das calcinhas e sutiãs em geral. Foi nesse período que os espartilhos/corsets sumiram de vez, as mulheres queriam roupas de baixo que fossem leves e práticas, mas também bonitas e que não precisassem de ajuda para serem vestidas. Assim surgem os primeiros sutiãs.

Um exemplo eram os Bullets Bras que surgiram entre 1940 e 1950. A exibição das curvas e o formato em ponta de bala dos seios, quando usados por jovens de 1950, pode se dizer com clareza que chocava a moral da época. O efeito era ainda maior se fossem usados com saias justas pelas mulheres adultas e com jeans pelas mais novas.

Bullet Bra Vinil

Seguindo o desuso dos espartilhos, surgiram as cintas-ligas para segurar as meias calças 7/8. A cinta-liga reflete uma mudança na vida das mulheres e uma ênfase na juventude. Boa parte dos estilos que estiveram na vanguarda da inovação neste setor veio da cabeça das próprias mulheres.

Liga de vinil

A chegada do nylon transformou tanto a aparência quanto a funcionalidade da lingerie feminina. Foi o início de uma nova era: leves e duráveis, as peças feitas nesse material eram fáceis de lavar e não precisavam ser passadas a ferro. Os calções encolheram e por volta de 1960 já lembravam as calcinhas de hoje. Nos anos 70, o conforto e a durabilidade ganharam uma atração a mais: a sensualidade. De um simples objeto de suporte a um requintado objeto do desejo, a lingerie revela, através de sua história, como evoluíram na sociedade ocidental questões como igualdade de gêneros, sexualidade, moralidade e estilo.

Calcinha frufru semelhante aos primeiros modelos

Os corpos femininos que abrigaram tantas mudanças, falam. Contam uma história cheia de mudanças, aperfeiçoamentos e revolução. Essa história acompanhou a rotina, os ideais e o estilo de vida que tanto mudou até os dias atuais. Mas existe algo que permanece intocável através de todos estes anos, o profundo desejo de expressão. As mulheres gordas acompanharam estes anos todos de evolução sem serem mostradas ou não querendo serem mostradas por estarem em um corpo ” errado”.

Pasties – utilizados pelas burlescas pela liberdade de expressão

Tudo o que usamos, externa a nossa personalidade. Muitos ainda se chocam com um corpo fora dos padrões exteriorizando seus desejos, não de ser aceito, por que a aceitação é para consigo mesma, mas da liberdade sem preconceitos.

 

 


Expulse o não merecimento da sua vida!

Beijos Gordosóficos


Fotografia: Taynara Soares

Produção e make: Por mim

Pasties: Feitos por mim

Bullet Bra e Liga de vinil: Pati Galves

Casquete: Dracurella Head Pieces

Locação: Chalé Boutique Blumenahof

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *